quarta-feira, setembro 20, 2006

Primeiro dia de escolinha

Foi hoje. E correu surpreendentemente bem. Nada de choros, gritos ou qualquer manifestação negativa em relação à escola. Pelo contrário. Como hoje se vinha embora depois do almoço, perguntou-me porque não ía fazer tudo.
Andei apreensiva nos últimos dias. Não porque não imaginasse que podia correr assim, mas influenciada pelas histórias dos pais de tantos meninos da idade dele que começaram a escola este mês. Experiências, em geral, intensas, do ponto de vista emocional. Com muitos choros e sentimentos de culpa à mistura.
Connosco, não. Quando viu a educadora, correu para ela de braços abertos (já a conhecia do dia da primeira visita). Encontrou, logo nos primeiros minutos, uma amiguinha que fez nessa primeira visita também. A educadora contou-nos depois que não se largaram toda a manhã.
Comeu sozinho e muito bem. Disse o que gostava e o que não gostava (a sobremesa, por exemplo, era gelatina ...).
Contou-nos tudo na viagem para casa - brincaram com plasticina na sala e chocou com um menino no recreio.
Sabe que vai voltar todos os dias, e quer voltar amanhã, para fazer tudo (incluindo a sesta!).
Correu-nos, de facto, muito bem para primeiro dia. Vamos ver se é para continuar ...
Registe-se para a posterioridade o facto de não lhe agradar absolutamente nada vestir o bibe. Acha que é roupa de menina ...
Um futuro cheio de sucessos e coisas boas, meu filho.